O prazo para fazer a regularização do título de eleitor terminou na quarta-feira (9), e 864.179 eleitores do Paraná ficaram com o documento cancelado, informou o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).

Ou seja, estão impedidos de votar nos dois turnos da eleição de 2018. Em ano eleitoral, o prazo para inscrição ou transferência de eleitores termina 150 dias antes do pleito.

A maior parte dos cancelamentos ocorreu pela falta da biometria. No total, 700.688 títulos foram cancelados no estado por esse motivo.

Outros 163.491 tiveram o documento invalidado devido ao não comparecimento sem justificativa nos três últimos turnos eleitorais ou mais.

Do total de cancelamentos, 142.011 foram em Curitiba. A maioria, 108.957 documentos, pela falta da revisão biométrica.

 

Impedimentos com o título cancelado:

 

 

  • Inscrever-se em concurso público;
  • Receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos, se for servidor ou funcionário público;
  • Participar de concorrência pública;
  • Obter empréstimo, desde que não se trate de instituição bancária privada;
  • Obter Passaporte, carteira de identidade e CPF;
  • Matricular-se em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;
  • Praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.