A população de Ampére, sudoeste do Paraná, está apreensiva quanto a situação da gripe no município. Nesta semana um homem de 57 anos morreu por complicações da gripe A H1N1. Diante dessa situação a o prefeito Disnei Zuca Luquini assinou nesta quinta-feira, 12, decreto que proíbe a aglomeração de pessoas em locais públicos fechados, como por exemplo palestras, reuniões, shows, festas e festivais. A medida é por tempo indeterminado e o prefeito disse a reportagem das Rádios Ampére AM e Interativa FM que a intenção é prevenir a população do vírus da gripe.

 

Na manhã desta sexta-feira, 13, o prefeito está reunido com a equipe da Secretaria de Saúde para definir outras ações. “O que fizemos foi orientar a população e pedir para evitar aglomerações. Os locais que terão eventos no final de semana, que não poderão ser cancelados, sugerimos que sejam ventilados e sejam tomadas todas as medidas de precauções.”

 

O prefeito comentou ainda que por enquanto as aulas estão mantidas. Também os espaços religiosos manterão missas e cultos, mas que estejam ventilados. “Nossa equipe está monitorando toda a situação e estamos vigilantes para evitar que o problema fuja de nosso controle. Por isso queremos pedir o apoio da população.”

 

Zuca comentou que as vacinas contra a gripe chegarão na próxima semana e imediatamente os públicos prioritários serão imunizados. Ele cita ainda que as farmácias da cidade também estão vacinando as pessoas e quem puder adquirir será importante.

 

Hoje as 12h o prefeito Zuca e o secretário de Saúde Robson Sari concederão entrevista ao vivo nas Rádios Ampére AM e Interativa FM para esclarecer sobre as medidas que estão sendo adotadas no município.

Fonte foto: Facebook Hospital e Maternidade Santa Rita