Apesar do verão ameno, com temperaturas próximas da média na maior parte do país, muita gente está à espera do inverno e dos dias com friozinho mais intenso. De acordo com a Somar Meteorologia, a primeira onda de frio pode chegar ainda no verão.

Segundo o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, é a atuação do fenômeno La Niña, caracterizado pelo resfriamento anormal das águas do Oceano Pacífico, que faz com que as ondas de frio cheguem mais cedo no Centro-Sul.

O especialista afirma que o fenômeno deve proporcionar temperaturas mais amenas que o normal na segunda quinzena de março, antes mesmo do fim do verão, em cidades do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. “O frio não deve ser extremo, mas será perceptível principalmente durante a noite. À tarde, as temperaturas se elevam, mas a sensação ainda pode ser mais amena em alguns munícipios do Sul e leste do Sudeste”.

O outono, que começa no dia 20 de março, deve ser marcado por tempo típico, com friozinho mais intenso durante as noites e madrugadas. “Ao longo da estação, a amplitude térmica deve aumentar cada vez mais, com noites e madrugadas frias, e tardes mais amenas ou até mesmo de calor nas três regiões”, finaliza.