Operação Fronteira Integrada apreendeu 4,5 mil cápsulas de munição e 1,5 mil maços de cigarro na aduana da Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na tarde desta segunda-feira (15).

A primeira apreensão ocorreu por volta das 13h40, quando uma van com placas paraguaias foi abordada ao atravessar a fronteira para o Brasil. Após fiscalização no veículo, foram encontrados 150 pacotes de cigarros, que somavam 1,5 mil maços.

Um dos passageiros assumiu ser o dono da mercadoria e disse que o cigarro seria revendido em Foz do Iguaçu. Os cigarros foram apreendidos e o passageiro liberado, segundo a Receita Federal.

Pouco tempo depois, perto das 15h, outra van com placas paraguaias, ocupada pelo condutor e cinco passageiros, foi parada para fiscalização minuciosa quando entrava em Foz do Iguaçu.

Ainda de acordo com a Receita Federal, um homem de aproximadamente 30 anos saiu correndo no sentido Paraguai assim que a vistoria começou. Mesmo com acompanhamento do suspeito, ele conseguiu fugir.

Após as buscas, os agentes encontraram uma bolsa com 4.350 projéteis de calibre 22, 100 de fuzil, 20 de calibre 25, 10 de calibre 32 e 20 de calibre .40, além de 73 pacotes de espoletas.

A munição foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Federal de Foz. O motorista da van e os outros passageiros foram liberados.

A Operação Fronteira Integrada é uma ação conjunta entre servidores da Receita Federal, policiais do Batalhão de Polícia da Fronteira (BPFron) e da Força Nacional para fortalecer a fiscalização na fronteira.