onda Rousey não pisa no octógono desde dezembro do ano passado, quando foi massacrada pela brasileira Amanda Nunes na luta principal do UFC 207. Desde então, a ex-judoca tem aparecido pouco nas redes sociais. Casada com o lutador Travis Browne, ela tem se dedicado a projetos pessoais e aos treinos de wrestling profissional, em meio a rumores de que estaria perto de estrear no WWE, evento de lutas coreografadas que é sucesso nos EUA.

Apesar de não demonstrar nenhum interesse em voltar a lutar MMA, Ronda não está oficialmente aposentada, e, como consequência, ainda continua se submetendo aos testes antidoping da USADA (agência que controla o programa antidopagem do UFC). Em conversa com os jornalistas na última terça-feira, o presidente do Ultimate, Dana White, garantiu que não quer mais ver a ex-campeã no octógono, e explicou que ela se recusa a pendurar as luvas por ainda não estar pronta para vivenciar esse momento.

- Ela não está (aposentada). Ronda ainda não se aposentou. A USADA ainda pinta na casa dela toda hora para testá-la, e ela se recusa a se aposentar. A Ronda tem esse negócio, que acredito que seja por que ela se tornou uma grande estrela: ela cumpre o seu trabalho. Ela não está pronta para dizer "desisto", não está pronta para dizer, "parei". Ela não funciona como todo mundo, descobrimos isso durante os anos. Qualquer razão que ela tem para não se aposentar, eu concordo (que ela devia). Ela tem uma incrível luta pessoal, está super feliz, por que contnuar com essa irritação? Apenas anuncie que parou, e a USADA para de incomodar - declarou o chefão.

 

Presidente do UFC disse que Ronda está feliz por ter vida pessoal após a fama (Foto: Getty Images)

Questionado se a demora da ex-campeã em se aposentar não seria um indício de que ela ainda gostaria de fazer uma última luta, o presidente do UFC afirmou que não acredita que isso aconteça.Não quero ver isso acontecer (Ronda voltar). Me importo com ela. Ela tem dinheiro o suficiente e não quero ver isso acontecer. É como Chuck Liddell, ouvi dizer que Chuck queria lutar de novo e torço pra não ser verdade. Ainda falo com ela. Ela está bem, feliz, fazendo suas coisas. Ronda conquistou tudo o que queria, e agora ela quer ter uma vida pessoal e aproveitar tudo o que conquistou. Ela trabalhou desde que era criança, lutando pela medalha olímpica e depois em se tornar campeã mundial. Ela conquisstou tudo o que queria fazer, ganhou dinheiro pra caramba, e agora quer viver - finalizou.