A habilidade de Conor McGregor com o microfone é notória. O irlandês participou, nesta quarta-feira, em Toronto, no Canadá, da segunda etapa da promoção da luta de boxe contra Floyd Mayweather, marcada para 26 de agosto, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Diante de uma grande quantidade de compatriotas, o campeão peso-leve do UFC regeu a torcida, fazendo com que todos entoassem gritos a seu favor e contra o pugilista. O americano, por sua vez, repetiu parte do roteiro de Los Angeles, mas irritou o rival ao pegar uma bandeira da Irlanda para depois fingir que estava sentado em uma privada. A encarada ao fim da conferência foi parecida com a primeira, porém, demorou menos tempo.

<b></b>Floyd Mayweather x Conor McGregor: lutadores promoveram a luta em Toronto (Foto: Reuters)



- Esse microfone funciona? Então f***-se esse microfone! - disparou, dando um soco no objeto, que voou longe. 

Logo depois, pediu o apoio da comunidade irlandesa e dos fãs que o apoiam. E foi prontamente atendido.

A cabeça dele é muito pequena. Só preciso de um golpe. Vou enterrar a cabeça dele. Ele nunca lutou de verdade na vida. É um corredor. É a maior p*** velha do boxe
Conor McGregor

- Vou contar até três e quero que todo mundo nessa arena grite: Fo***-se os Mayweather. 1,2,3! Podemos fazer melhor do que isso! Quando eu contar até três, quero que a arena inteira grite: Fo***-se os Mayweather.

Conor McGregor - sem encostar no adversário -, se aproximou de Mayweather e prometeu que será o primeiro a vencê-lo em um ringue.

- Venha aqui pegar o microfone. Está aqui. Venha pegar. Você não vai fazer merda nenhuma. Quero falar com os especialistas: vocês são malucos se acham que esse cara tem chance. A cabeça dele é muito pequena. Só preciso de um golpe. Vou enterrar a cabeça dele. Ele nunca lutou de verdade na vida. É um corredor. É a maior p*** velha do boxe.

Mayweather x McGregor: luta será dia 26 de agosto, 
em Las Vegas, nos Estados Unidos (Foto: Getty Images)

Vestindo um terno azul, Conor McGregor provocou novamente os trajes de Mayweather, que estava com cordões, uma blusa e um boné personalizados com as cores da bandeira canadense - e nem assim atraiu a simpatia do público local.

- Que merda ele está vestindo? Está parecendo um dançarino de break. Você tem 40 anos, vista-se de acordo com a sua idade. Parece um dançarino de 12 anos. Que merda é essa? O que você está fazendo com uma mochila de escola no palco? Você não consegue nem ler!

Quando Conor McGregor encerrou sua participação, foi a vez de Floyd Mayweather entrar em cena - sem a mesma capacidade de incomodar o rival. "Money", que levou novamente uma mochila com dinheiro para a conferência -, teve como ponto alto o momento em que pegou uma bandeira da Irlanda para provocar o desafeto.

Floyd colocou a bandeira no ombro e, em seguida, fingiu sentar-se em um vaso sanitário. Para dar o troco, McGregor pegou a mochila do oponente e disparou: 

 Você conhece o meu nome do meio? É dinheiro. É o que faço. Vitória e dinheiro
Floyd Mayweather

- Se você fizer algo com essa bandeira eu vou te ferrar. É isso? Tem cinco mil aqui. Vai se fo***. Você não vai ter essa mochila de volta porque eu vou acabar com você nesse palco.

Mayweather devolveu ao bandeira para Conor McGregor, que a arremessou no chão. E foi aplaudido pelo público.

Em relação ao combate, Mayweather lembrou os três tapinhas que McGregor deu ao ser finalizado por Nate Diaz em março do ano passado, no UFC.

- Vocês têm a coragem de acreditar em um lutador que desiste? Ele é um covarde! Eu não desisto, não caio na pressão, eu sou o melhor, você sabe que eu sou. E vocês estão me falando merda de um lutador de três milhões?